Judão #126 O Animal Cordial

OUÇA O PODCAST

Um Slasher 100% Nacional, que reverencia toques clássicos dos anos 80/90 mas tenta virar as regras de um Michael Myers ou Freddy Krueger do avesso…e ainda cobre de sangue e outros fluidos alguns astros globais como Murilo Benício e Camila Morgado.

Pois é. Esse projeto está prestes a estrear num cinema perto de você, veja só, chamado <strong>O Animal Cordial</strong> e, pra completar, ainda é dirigida por uma mulher, <strong>Gabriela Amaral Almeida</strong>, a primeiríssima a ter um projeto do gênero a ser oficialmente exibido no circuitão.

Pra falar sobre o filme e todo o seu processo criativo, a gente recebeu no luminoso estúdio Mané Garrincha da Central 3 a responsável pela obra que, além de conversar sobre sua formação/especialização em cinema DO MEDO e dar dicas pra quem quer se lançar neste gênero tão específico, ela ainda explicou um pouco sobre as diferenças entre “horror” e “terror”, deu informações sobre bastidores e seu jeito de lidar com coisas como a trilha sonora, opinou sobre nossos cineasta favoritos e contou como foi ter o Quentin Tarantino como “assessor”.

De verdade, real oficial.

Junta isso tudo num papo sobre sexo na telona, as últimas do Zack Snyder, a formação acadêmica (ou algo assim) dos visitantes do Templo Zu Lai e o PAVOR que é AQUELA gente tomando vinho e você vai ter uma daquelas edições imperdíveis.

Não que alguma delas não seja, né? <3

Posts Relacionados

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>