Paddockast

F1 2020: HAMILTON vence e GROSJEAN RENASCE no GP do Bahrein | Briefing

OUÇA O PODCAST

Há tempos que a Fórmula 1 não tinha uma corrida tão tensa. Tudo, claro, em razão do terrível acidente sofrido por Romain Grosjean nas primeiras curvas do GP do Bahrein. Ao escapar na saída da curva 3 do circuito de Sakhir após contato com a AlphaTauri de Daniil Kvyat, o franco-suíço perdeu o controle da sua Haas e bateu violentamente contra o guard-rail. O carro se partiu em dois e simplesmente explodiu. Com o impacto de 53G, o que restou do bólido ficou afundado nas lâminas de aço.

Como uma fênix, Grosjean renasceu das chamas e foi removido consciente para o hospital. Depois de quase uma hora e meia de interrupção, outro momento tenso com a capotagem de Lance Stroll após incidente com Kvyat. Depois do safety-car, a corrida entrou no seu modo normal e foi dominada por Lewis Hamilton, que venceu com folga e praticamente de ponta a ponta nesta noite no Oriente Médio.

Valtteri Bottas teve um pneu furado na volta do acidente de Stroll e perdeu muito tempo, despencou para o fim do grid e perdeu qualquer chance de conquistar um pódio. O top-3 em Sakhir foi completado por Max Verstappen, da Red Bull, que até tentou se aproximar de Hamilton na segunda metade da corrida, mas fez o possível com o carro que tem.

Sergio Pérez conquistaria um pódio com a Racing Point, mas o carro teve seu motor estourado nas voltas finais. Assim, Alexander Albon, da Red Bull, foi terceiro colocado em uma apresentação ‘para o gasto’, mas bastante discreta. Os dois concorrem com Nico Hülkenberg por uma vaga na equipe taurina na temporada 2021. Lando Norris, com a McLaren, garantiu a quarta colocação e Carlos Sainz ficou em quinto.

Posts Relacionados

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>