Guilhotina | Le Monde Diplomatique Brasil

Guilhotina #36 – Joana Barros e Gustavo Prieto

OUÇA O PODCAST

Bianca Pyl e Luís Brasilino recebem os professores da Universidade Federal de São Paulo Joana Barros e Gustavo Prieto. Em julho, eles lançaram o livro “Sertão, sertões: repensando contradições, reconstruindo veredas” (http://bit.ly/sertão-sertões), também organizado pelo pesquisador Caio Marinho. A obra faz uma leitura crítica dos sentidos em disputa em torno da história de Canudos e se debruça sobre o clássico de Euclides da Cunha, “Os sertões”, para lançar um debate sobre o moderno e o arcaico, a civilização e a barbárie. Afinal, as expedições que massacraram Canudos encarnavam o progresso, o desenvolvimento, a república? E os conselheristas, estavam do lado da monarquia e do atraso ou representavam um ensaio de transformação, uma possibilidade do Brasil romper com as estruturas – estas sim arcaicas – que mantêm a desigualdade e a opressão, por vezes violenta, da maioria da sua população? *Trilha: José Miguel Wisnik e Tom Zé, “Canudos”; Gereba, “A história fará sua homenagem” (Gereba Barreto e Ivanildo Vila Nova). *E-mail: guilhotina@diplomatique.org.br.

Posts Relacionados

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>