It's Time

It’s Time #114

OUÇA O PODCAST

O final de semana foi marcado pelo UFC 234, que teve uma mudança brusca em cima da hora que alterou tudo. O campeão dos médios Robert Whittaker descobriu uma hérnia abdominal horas antes da luta, e consequentemente, teve sua disputa de cinturão contra Kelvin Gastelum cancelada no ato.

O posto de luta principal da noite ficou com o confronto entre gerações de Israel Adesanya e Anderson Silva, que fazia seu retorno ao UFC após dois anos desde sua última suspensão por doping. E claro, esta foi a pauta central principal desta nova edição nos moldes antigos. Adesanya e Spider tiveram um duelo cheio de firulas e com pouca ação. No que vimos, protagonizaram um duelo tenso, onde o antigo campeão dos médios deu flashs de seu auge, mas mostrou que ele já passou. A realidade de Anderson foi a derrota por decisão unânime dos juízes, com o brasileiro tendo uma atuação digna diante do atual cenário.

Já na luta coprincipal, Lando Vannata resolveu usar sua inteligência e voltar as raízes de seu wrestling para garantir uma vitória e afastar a pressão de uma possível demissão, dominando e finalizando o estreante brasileiro Marcos “Dhalsim” Rosa. Conhecido por seu estilo empolgante na trocação, Vannata teve uma atuação cerebral e cirúrgica.

Posts Relacionados

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>