Muito Mais Do Que Futebol

Muito Mais do Que Futebol #13 Ecos de Montevidéu

OUÇA O PODCAST

Na edição 13 do MMDQF, Mauro, Lúcio e Iamin parte de Montevidéu para falar sobre a estrutura dos estádios, a elitização do modelo brasileiro, o racismo e outros preconceitos nos encontros entre torcidas estrangeiras e um tanto mais. Na pauta, também, Filipe Luís e o mundo dos empresários, Marielle no Momento Waldemar, político que pega ingresso no Maracanã, a fala do Mano Menezes e a participação especial de João Castelo-Branco, falando da atmosfera dos estádios ingleses.

Posts Relacionados

Um comentário em “Muito Mais do Que Futebol #13 Ecos de Montevidéu”

  • Pacato Cidadão disse:

    Nenhum comentário sobre as expulsões claras que passaram em branco no clássico Botafogo e Flamengo. Nenhum comentário sobre o pênalti absurdo marcado para o Fla no comecinho do jogo contra o Emelec. Essas omissões de vocês são Muito Mais do que Futebol? Sobre o jogo da sul-americana nenhuma palavra a não ser a viagem de Mauro ao Uruguai… É estranho que não percebam como estão fazendo parte da mídia esportiva que em relação ao fla age sempre como G1 no caso morogate.
    Outra coisa que me entristece é ver que ou vocês leem apenas comentários do twitter ou ignoram os feitos aqui na central3. Poxa! Mauro dá corda pra discussão com cada figurinha babaca: é Tiago Neves, Maranhão, Luxemburgo, agente de Pedrinho, torcedor pai de família que fica ofendendo os outros em rede social… Pq não responder as questões que coloquei nos comentários do programa 12? É brabo ver que muitas vezes esse flamenguismo cega até mesmo os melhores… Se não forem vocês, além do próprio Zico, a admitir o melhor Fla da história como filho de surras e mais surras dos esquadrões botafoguenses, quem será? Se não forem vocês a relembrar o GaloxFla de 1981, além do youtube que tem o jogo na integra, quem será? Se não forem vocês a contarem que o flamengo sentou em campo quando levou o quinto gol em 1944, originando o que hoje a mídia preta e vermelha chama de chororô, quem será?
    Vocês falam muito bem dos interesses financeiros escusos no mundo do futebol, até a hora que chega nos benefícios esportivos que o fla recebe por ser o que gera mais grana. E por falar em grana, não vemos Mauro Cezar bater tanto na tecla da divisão das cotas de tv da premier league como modelo para o Brasil como o vemos falar tantas outras coisas que o inglesão tem de melhor que o nosso campeonato nacional… (e tem mesmo)
    E o Rafinha ontem? Era pra vermelho direto? Se sim, já teve algum outro clube beneficiado três jogos seguidos por omissão do var (cuellar no marcinho, penalti abre-portas contra Emelec, rafinha no Moisés)? Respondam! E não venha de má-fé citar o Pimpão em 2017 pq a falta dele em 2017 foi pior que qualquer uma das citadas acima mas não haviam 3 caras no ar condicionado em frente a N telas, podendo ver e rever o lance…

    E minhas questões aqui não são o caso que respondem de “não gostou, não ouve, não lê”. A questão aqui é alguém que admira o trabalho de vocês e tenta obter resposta de omissões que não podem passar em branco. Muito mais Waldemar que a midia julgar o Daniel Alves como maior contratação da história do futebol (nem do são paulo é, teve o Gerson) é a omissão de Lúcio de Castro, Mauro Cezar e Leandro Iamin quanto a dobradinha arbitral do fla, no domingo garfa bota e na quarta o emelec.. É isso aí.. será que a sequência de omissão do var em 3 jogos seguidos fará vocês abrirem a boca quanto a esses fatos que não são raros e há anos contribuem para que torcedores que amam o futebol o abandonem na mesma medida que flamenguistas que são como brasileiros que só veem jogo em copa do mundo proliferam…???

    E quanto a torcida.. Qual ultimo clube a botar mais de 100 mil no maracanã? Quais as médias de público do Botafogo com o time mediano que disputou a libertadores até as quartas em 2017? Quais as médias do bom time de 2013 que terminou o brasileirão em quinto? Acha mesmo que a falta de investimentos e roubalheira que leva o clube a ter a maior divida do futebol nacional não afastam torcedores? O que nesses últimos anos justifica essa divida? Botafogo não teve nenhum timaço, muito pelo contrário.. todo bom time foi desmontado no ano seguinte.. 1995, 2007, 2013, 2017… Isso não influencia o número de torcedores? Isso fora o omitir que o botafogo tem uma torcida nacional que o faz superar o Fluminense no numero de torcedores pelo país enquanto perde no RJ… Aliás, torcida essa que foi conquistada pelos espetáculos proporcionados por Mané, Didi, Nilton e sua trupe e depois por Marinho, PC e cia… bem diferente de ser o clube da expansão televisiva que teve que garfar o galo pra garantir o maior titulo da história do clube…
    Enfim… muito mais que futebol..
    Parem de babar ovo, tá ficando chato.
    O contraditório é importante.
    Respondam as questões que tocam e não a questões que onde há “mais gente olhando”. Não envio comentário por twitter ou face pois são ferramentas que não são úteis para mim e meu perfil aqui não tem meu nome pois meu nome não interessa. Mesmo.
    A mesma liberdade que tenho de não ouvir, tenho também para criticar e continuar ouvindo e vocês para responder ou não… meu email tá na resposta.
    É isso.
    Respeitosamente.
    Diego.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>