O Quadro Negro

Quadro Negro #31 Solta a Voz!

OUÇA O PODCAST

Falar, falar e falar… Docentes falam bastante, não é? Mas como cuidar dessa ferramenta tão importante que é a nossa voz? Esse é um cuidado muitas vezes negligenciado por nós.

Para puxar nossa orelha, o fonoaudiólogo Pedro Ivo Pelicano, que toca o Fonoaudiocast, conversou com a gente sobre a arte de soltar a voz, da melhor maneira possível. Seja dentro ou fora da sala de aula.

Bora ouvir pra todo mundo ficar com a voz afinada!

Posts Relacionados

2 comentários em “Quadro Negro #31 Solta a Voz!”

  • Pedro Henrique de Oliveira Costa disse:

    Boa Tarde, tenho pensado a escrever esse comentário há algum tempo, mas acho que vai virar textão e tava sem tempo então vamos lá.

    Meu nome é Pedro, sou aluno de ciências sociais na Universidade de Brasília e no último ano além de acompanhar o podcast tive aulas de Didática e de Organização da Educação Brasileira, o que observei nesses aulas foi que muitas vezes é idealizado um professor que atue também como psicólogo e assistente social, ouvi várias histórias de professor indo na casa de aluno, alguns até de bicicleta, pra falar com os pais, ou professores que salvaram o aluno da depressão e aqui abro um parênteses de que não é que eu ache que os professores não precisam prestar atenção nos alunos, muito pelo contrário, é papel do professor identificar dificuldades na vida e no aprendizado do aluno, mas tendo contato com diversos colegas de áreas desde a psicologia, fonoaudiologia (como é o caso do convidado do último podcast) e serviço social, percebo que muitos professores acabam caindo em áreas muito sensíveis e que um profissional com especialização adequada é necessário, e como professores bem intencionados podem causar muito mal aos alunos. Isso se torna um assunto muito mais importante num momento em que o atual governo tentou vetar uma lei que obrigava as escolas a terem tanto psicólogos quanto assistentes sociais. Dito isso gostaria de pedir encarecidamente que vocês convidem profissionais da área para falarem sobre o assunto.

    Continuando a pedir pauta, vou colocar ainda algo citado tanto nesse episódio como no episódio 29 que seria um episódio sobre o ensino especial. Eu terminei todas as minhas matérias de educação, exceto o estágio obrigatório e em toda a graduação fiz apenas um trabalho sobre o assunto, para meus colegas que viram apenas a apresentação, foi uma hora em que se discutiu o ensino especial em provavelmente toda a graduação. Me orgulho muito desse trabalho e creio que foi uma hora muito bem gasta pelos colegas que compareceram a apresentação, no entanto ele foi baseado na legislação específica do DF e eu estou longe de ser especializado no tema e gostaria então que o ensino especial fosse debatido em um programa específico desse podcast.

    Como se já não fosse pauta o bastante, como também citado no episódio 29 desse podcast, existe uma imensa necessidade de transformar as bibliotecas em espaços didáticos, o que na minha experiência como estudante de escola pública desde os 5 anos de idade nunca foi o caso, sem mencionar uma certa rede de escolas particulares muito famosa no df que não tem bibliotecas na maioria de suas unidades. Tendo contato com vários estudantes de biblioteconomia (em especial minha companheira), além de professores que acabam sendo deslocados para bibliotecas por falta de pessoal especializado e por problemas psicológico dos próprios professores, percebo que existe não só uma desvalorização da profissão de bibliotecário, como também uma continuidade de práticas e ideias já há muito abandonadas pela biblioteconomia como por exemplo a ideia de que a biblioteca deva ser necessariamente um espaço de silêncio. Essa é portanto o outro pedido de pauta (e por enquanto o último).

    Muito obrigado pela atenção e espero uma resposta a esse comentário, continuem fazendo o ótimo trabalho que fazem.
    (=

    • O Quadro Negro disse:

      Pedro Henrique, desculpe a demora em responder sua mensagem, mas nós não temos muita frequência na página para fazer isso e apenas hoje tomei conhecimento da sua mensagem.

      Inclusive, muito obrigado pela mensagem, pela quantidade e qualidade de ideias para pautas, todas muito pertinentes e além disso por comentar e referenciar nossos outros episódios!

      Não sei se vc tem twitter, mas mande uma mensagem pra gente por lá, ou no nosso email para pensarmos uma maneira de transformar essas ideias em pautas com a sua participação. Seria um prazer…

      Um grande abraço (Trafa)

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>