Som das Torcidas

SDT Na Bancada #19 Dossiê Petraglia

OUÇA O PODCAST

A personagem – no comando do Clube Atlético Paranaense há mais de três décadas – é mais do que controversa: provoca amor e ódio dentro da Baixada; inspira admiração e críticas fora dela.

Mário Celso Petraglia é figura chave para entender o futebol brasileiro ontem e hoje: Arenização, biometria, defesa aberta da clientelização e elitização, rebranding, perseguição às torcidas organizadas e proibição dos torcedores visitantes, em parceria com o MP, a partir da malfadada “torcida humana”.

Com auxílio de André Pugliesi, editor de esportes da Gazeta do Povo, e Luasses Gonçalves dos Santos, atleticano desde os tempos do Pinheirão, desvendamos a trajetória de Petraglia à frente do CAP.

Posts Relacionados

2 comentários em “SDT Na Bancada #19 Dossiê Petraglia”

  • Bela bosta esse podcast! Única finalidade falar mal do Petraglia e, por tabela, do Athletico Paranaense.

    Não tenho nenhum motivo pra defender o Petraglia, até pelo contrário, sabemos o quanto ele adota medidas impopulares, autoritárias e muitas nocivas à torcida.

    O fato é que os mesmos torcedores que questionam as atitudes de “dono” do clube (cujas ideias são SIM compartilhadas e apoiadas por uma grande quantidade de torcedores), são os mesmos que insistem em definir O QUE é o Athletico Paranaense, lembrando a velha Baixada, o sofrimento no Pinheirão, os tempos de 3º time da capital em era “amor pela camisa” e o time só tomava pau.

    Não defendo o Petraglia, mas está na hora de colocar no holofote os torcedores que se sentem tão donos do clube quanto o Petraglia.

    JÁ SOMOS GIGANTES. UM CLUBE EM CRESCIMENTO, INQUESTIONAVELMENTE A MAIOR EVOLUÇÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO E SEREMOS AINDA MAIORES.

    E pergunto: teríamos chegado até aqui vendendo rifa pra comprar uniforme, remendando estádio ou alimentando outros paradigmas populistas? Foi mal, eu prefiro questionar as medidas impopulares do Petraglia, cobrar melhorias nesses aspectos, mas em todo o resto o mérito do nosso crescimento está intimamente ligado a ele.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>