Xadrez Verbal #210 Eleições Buquebus

Destrinchamos os resultados eleitorais dos nossos vizinhos rio-platenses, as reações internas e externas, além da dança das cadeiras nos parlamentos. Também passamos pelas mudanças de ministros no Chile, pelos protestos na Bolívia e pelas eleições regionais na Colômbia, com destaque para a capital Bogotá.

Fomos ao Oriente Médio, onde o “califa” al-Baghdadi foi morto, os protestos no Líbano derrubaram o primeiro-ministro e a situação continua tensa no Iraque. Ainda na região, cobrimos a viagem do presidente Jair Bolsonaro pela península arábica e as reações do governo brasileiro aos resultados eleitorais no rio da Prata.

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #167 Unión de Santa Fé

Voltamos à capital da província delimitada pelo rio Paraná, para conhecer o arquirrival do Colón, finalista da Copa Sul-Americana. Contamos a História dos dissidentes do decano Santa Fé Football Club que fundaram o Club United.

Provenientes da aristocracia santafesina, passaram a ser chamados de tatengues, gíria local para bacanas, e a partir deste recorte socioeconômico a rivalidade com os sabaleros foi crescendo.

E nos cânticos de La Bomba – barra brava do atual Club Atlético Unión – recordamos três passagens deste clássico que é um dos mais equilibrados do futebol argentino!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #202 Parliamexit

Repercutimos a 45ª cúpula do G7, em Biarritz, e de lá giramos pelos resto da Europa, onde Giuseppe Conte voltou a ser o premiê italiano, com a formação de uma coalizão entre o Movimento 5 Estrelas e o Partido Democrático, e criticamos a polêmica e autoritária decisão de Boris Johnson de suspender o Parlamento britânico por cinco semanas, durante as negociações do Brexit.

Também demos um pião pela nossa quebra latino-americana, para falar novamente da Amazônia e da crise de relações entre Brasil e França, que sobrou até para uma marca de caneta francesa. Por fim, fomos até a Argentina, onde o governo declarou moratória de sua dívida com o Fundo Monetário Internacional e retomamos os desdobramentos do caso Itaipu.

Posts Relacionados

Plantão SDT Na Bancada #03 Chaca a Puertas Cerradas

Na quinta-feira passada (15/08), o Club Atlético Chacarita Juniors fez sua estreia na temporada 2019/20 sem a presença de seus torcedores, por uma decisão surreal da Agencia de Prevencion de la Violencia en el Deporte, que não deve nada ao filme de ficção científica Minority Report, dirigido por Steven Spielberg.

Entenda os antecedentes de violência de La Famosa Banda de San Martín – barra brava do Chaca – e as correlações de força da Aprevide e do governo provincial, além dos bastidores funebreros.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #200

Giramos pela Europa, da Península Ibérica até a Rússia, passando por Alemanha, Noruega, Reino Unido e Itália, com direito até bronca do Papa.

Cruzamos os Urais, em direção à Ásia, onde a Coreia do Norte testou mais mísseis balísticos, a Caxemira continua em pauta e o Nepal mudou as regras para subir no Everest.

Já nossa quebrada latino-americana, Alberto Fernandez venceu as prévias argentina, colocando uma margem na frente que Macri que pode até inviabilizar um segundo turno, como ocorreu na Guatemala que elegeu novo presidente.

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #160 Atlanta

Visitamos o bairro de Villa Crespo, de forte identificação judaica, para conhecer o Club Atlético Atlanta, que após peregrinar por quase toda Buenos Aires – ganhando o apodo de bohemios – encontrou a Terra Prometida, na calle Humboldt.

O Clássico com o antigo vizinho Chacarita Juniors ganhou os contornos atuais, quando o Funebrero foi desalojado do quarteirão de baixo, para a construção do Estádio Don Leon Kolbowski.

Conheça outras rivalidades locais se dão com Argentinos Juniors e All Boys, a origem das cores e nome, além de uma homenagem às vítimas do atentado terrorista à Asociación Mutual Israelita Argentina, que completa 25 anos nesta quinta-feira (18/07).

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #27 De Boedo a Vallecas

Cerca de 100 mil pessoas lotaram a Av. La Plata para comemorar o (início) do regresso do San Lorenzo ao solo sagrado de Boedo, do qual o Viejo Gasómetro foi demolido nos tempos da última Ditadura Civil-Militar argentina. Fomos até Buenos Aires para entender toda essa história de amor por um estádio.

Depois atravessamos o oceano em direção a Madri, no bairro operário de Vallecas, casa do Rayo Vallecano. Fernando Sebastian, membro da Plataforma ADRV, nos fala da batalha travada com a empresa que controla a SAD do clube pelo direito do uso do Estádio de Vallecas pela população local e a equipe de futebol feminino rayista.

Ainda deu tempo de dar uma passada em Brusque, no interior de Santa Catarina, onde Célio Bruns Jr. nos contextualizou sobre a utilização do Estádio Augusto Bauer e o caso da Arena que a Havan pretende construir no Vale do Itajaí.

Posts Relacionados

Conexão Sudaca #196 Quartas de Final

Nossos muchachos passaram a régua nos três primeiros confrontos do mata-mata da Copa América e fizeram a prévia de Uruguai x Peru que será realizado neste sábado (29/06) às 16h, em Salvador.

De cara para as semifinais, recordamos o único Brasil x Argentina válido pela competição continental a ser disputado em Belo Horizonte, no antigo Mineirão. Há 44 anos, Nelinho garantiu a vitória por 2 a 1, anotando os dois gols da seleção canarinha.

Pra finalizar, escutamos o último lançamento da icônica banda uruguaia El Cuarteto de Nos!

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #26 Copa América

Analisamos o contraste entre o vazio das Arenas e desinteresse do público brasileiro com a festa dos nossos hermanos, escalando uma seleção sudaca para debater o extra-campo do torneio continental mais longevo do Planeta Bola: além dos brazucas Gustavo Mehl e Matias Pinto, somaram conosco o argentino Nico Cabrera, o chileno Pablo Mardones, o colombiano Marco Valderrama, o peruano Ricardo Fernández e o uruguaio Sebastián Chittadini.

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #158 Racing Club

Muita água passou por baixo da Puente Pueyrredon de 2013 para cá! Voltamos ao lado azul de Avellaneda, agora na companhia de Mauro Cezar Pereira, para testemunhar o bom momento vivido por La Academia, que ganhou dois títulos (Transición 2014, Superliga 2019) sob a condução de dois ídolos que voltaram para o Cilindro: Diego Milito e Lisandro López

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #190 Peso Real

A sua revista semanal de política internacional em formato podcast chega à sua 190ª edição! Como vocês aguentam? Fomos primeiro até o Sudão, onde a junta militar que domina o país reprimiu com violência os protestos da população que deseja eleições; mas quem apoia essa junta? Quais os interesses por trás disso? As relações árabes são um pouco mais complexas do que aparentam.

De lá desembarcamos na Normandia, onde a memória do Dia D serviu para o encontro de diversas lideranças políticas mundiais, incluindo um jantar de gala de Trump com a rainha; aproveitamos a ocasião e passamos por toda a Europa, com destaque para as eleições dinamarquesas.

Finalmente cruzamos fronteira rumo à vizinha Argentina, onde o presidente Bolsonaro comentou da possibilidade de uma moeda única, ideia que não é de hoje na região.

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #21 Memória & Justiça

No final do mês passado, os clubes argentinos repudiaram em uníssono o aniversário do último golpe militar no país vizinho. Por aqui, silêncio na semana seguinte. Ou pior: o Flamengo, por exemplo, desautorizou uma homenagem de um coletivo de sócios a Stuart Angel, ex-atleta rubro-negro que foi preso, torturado e morto.

Afinal, por que vemos posições tão covardes em relação à Ditadura Militar e o desprezo aos direitos humanos no futebol brasileiro? Lembrando que o CRF também permitiu que o deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL-RJ) – aquele mesmo que destruiu uma placa em homenagem à Marielle Franco, outra flamenguista executada – participasse da comemoração da Taça Rio.

Nesta edição, tivemos as participações da jornalista Hildegard Angel – irmã de Stuart e filha de Zuzu, também assassinada pelos militares; do historiador Lucas Pedretti, ex-membro da Comissão Estadual da Verdade do Rio de Janeiro; e da professora Lívia Magalhães (UFF), que trouxe outra mirada sobre o Mundial de 1978, além de recuperarmos um trecho da entrevista das Madres da Plaza de Mayo a jornalistas holandeses, às vésperas da Final daquele ano.

Posts Relacionados