Xadrez Verbal #292 Déjà Vu

Repercutimos a vitória de Macron na França e as eleições na Eslovênia, onde não houve reeleição.

Também atualizamos vocês com os principais acontecimentos da décima semana da invasão russa à Ucrânia, além de análises, cenários e negociações.

No mais, demos mais uma volta pela bacia do Pacífico, com a possível constituinte no Peru e a crise do óleo de palma provocada pela Indonésia.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #290 Moskva

O cruzador russo está no fundo do Mar Negro e veremos como isso pode impactar a guerra, além de análises, cenários e negociações.

Também demos mais uma volta pela bacia do Pacífico, com lockdown em Xangai e racionamento de água no Chile.

Por fim, giramos pelo velho continente, com eleições na França e o desespero de Boris Johnson, no Reino Unido.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #288 Retirada das Tropas de Chernobyl

Atualizamos vocês com os principais acontecimentos da sexta semana da invasão russa à Ucrânia, além de análises, cenários, negociações e também a retirada das tropas de Chernobyl.

Também demos uma volta pela bacia do Pacífico, com novo míssil sul-coreano, o segundo turno na Costa Rica e a violência das gangues em El Salvador.

No mais, fizemos um giro eleitoral com as prévias no velho continente passando por França, Hungria e Sérvia.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #255 Cúpula do Clima

Falamos do propósito da reunião de líderes convocada por Joe Biden e da participação brasileira, além das principais notícias dos cinco países do Conselho de Segurança da ONU.

Também demos um pião pela nossa quebrada latino-americana e comentamos os resultados das eleições subnacionais na Bolívia e presidenciais no Equador (2º Turno) e Peru (1º Turno).

E, claro, tentamos contextualizar os últimos acontecimentos no Chade – com a morte do presidente Idriss Déby – e restante do continente africano.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #243 Vencedores y Vencidos

Começamos girando em sentido horário pela África, com referendo na Argélia e outras eleições pelo continente, violência na Nigéria e Freddie Mercury (?)

De lá fomos para a Europa, com novos atentados na França e sua repercussão internacional, incluindo troca de farpas entre Erdogan e Macron.

Finalmente, um grande tour mundial repassando o resultado dos escrutínios dos dois últimos finais de semana e fazendo as prévias das eleições da próxima quinzena, com pleitos em Açores, Bolívia, Chile, Nova Zelândia, Palau e, claro, EUA.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #235 Girão de Notícias

Edição que passou pelos principais acontecimentos da última quinzena, passando por atentados terroristas em Burkina Faso e Paquistão; crises políticas na Bolívia, Colômbia, Equador, México e Sérvia; eleições na Croácia, França, Malawi, Polônia e República Dominicana; mortes simbólicas na Coreia do Sul e Etiópia; além de curiosidades sobre a força aérea libanesa e naja branca encontrada em Brasília.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #174 Grupo de Montevidéu

A crise entre Itália e França chega ao seu pior nível desde a Segunda Guerra Mundial. Palavras da porta-voz do Ministério e Relações Exteriores da França! Luigi di Maio recebeu líderes dos coletes amarelos franceses, e ainda tuitou que “o vento da mudança cruzou os Alpes”, o que pegou bem mal na França. Sobrou até para os Tartarugas Ninja. E mais algumas notícias sobre a 5ª Série E… digo Europa.

Voltamos para a Venezuela, onde Guaidó e Maduro continuam sua queda de braço, cada um com seus apoiadores internacionais, agora com um novo grupo, o de Montevidéu, que defende novas eleições via um acordo entre as partes. Além de passarmos pela América Latina, fomos aos EUA, onde Trump proferiu o tradicional discurso de State of the Union perante o Congresso, abrindo de forma oficial o ano na política do país.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #168 Coletes Amarelos

Fechamos a cobertura da mais recente cúpula do G-20, em Buenos Aires. E o mais importante aconteceu fora do encontro, com o jantar entre Trump e Xi Jinping que resultou em uma trégua na guerra comercial por ao menos noventa dias.

De lá cruzamos o Atlântico, primeiro rumo ao Oriente Médio, com o anúncio de saída da OPEP pelo Qatar, o início de conversas no Iêmen e de Netanyahu estar, novamente, em maus lençóis com a justiça.

Também fomos para a França, onde os “coletes amarelos” estão fazendo o que os franceses melhor sabem fazer: queimar carros. Quem são, o que querem, de onde vêm, o que comem etc. Tudo isso, além da volta do Menino Neymar com dois indicados!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #154 Pacaraima

Matias Pinto e Filipe Figueiredo ficam aqui no Brasil mesmo, comentando as tristes cenas que ocorreram na fronteira com a Venezuela no estado de Roraima. Qual o tamanho desse fluxo de venezuelanos? De quem é a culpa?

Nossa dupla de apresentadores também foi até os EUA e explicou as condenações essa semana e como elas podem complicar a vida de Trump, que já disse que, se sofrer impeachment, o mercado entrará em crise. Por fim, desmistificamos a fake news de que a França “liberou a pedofilia” ou o sexo com menores.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #138 K-pop

Matias Pinto e Filipe Figueiredo vão até a península coreana, onde Kim Jong-un e Moon Jae-in se encontraram na fronteira entre as duas Coreias. Pela primeira vez, o líder do norte entrou em território do sul, para conversas de paz e da desnuclearização da região. O que aconteceu e o que pode acontecer vocês ouvirão no programa.

Falando em bromance entre chefes de Estado, Macron e Trump protagonizaram muitos beijinhos e afagos perante os fotógrafos, mas, na hora de falar no Congresso, o francês soltou o martelo nas ideias do anfitrião. Também viajamos pela América Latina, passando pela eleição no Paraguai até os novos tratados mexicanos e mais um trágico crime que abalou o país!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #134 Adeus PPK

Uma era se encerra. Pedro Pablo Kuczynski torna-se o primeiro líder sul-americano cujo mandato se iniciou e foi encerrado enquanto existe a sua revista semanal de política internacional em formato podcastal. O Peru agora passa por um momento de crise política e indecisão, mais um reflexo das políticas do Estado Plurinacional do Odebrechtquistão. Com a renúncia de PPK, vão com ele um mar de trocadilhos.

Além da situação peruana, fazemos um Eurotour, de Londres até Moscou, de Sarkozy preso a Putin reeleito. Também fomos ao Oriente Médio, onde Israel, para surpresa de ninguém, admitiu que atacou um possível reator nuclear sírio em 2007.

Posts Relacionados