Xadrez Verbal

Xadrez Vebral #224 NamasTrump

OUÇA O PODCAST

Ressaca de Carnaval, hora de ouvir a sua revista semanal de política internacional em formato podcastal, com reciclagem de rima habitual!

Partimos do Chile, com protestos durante o Festival Internacional da Canção, em Viña del Mar, passando pela Bolívia e Peru, além das últimas notícias das nossas relações exteriores.

Acompanhamos Trump em sua visita à Índia, onde a violência sectária já custou mais de trinta vidas, apresentando a contextualização para tanto ódio.

Para fechar, voltamos ao norte da Síria, já que a relação entre russos e turcos voltou a esquentar!

Posts Relacionados

10 comentários em “Xadrez Vebral #224 NamasTrump”

  • Gabriela Leão de Mello Hernandez Matos disse:

    Olá! Meu marido e eu ficamos muito felizes com a saudação de hoje porque é aniversário do meu sogro, seu Hildemar! O simpático professor de matemática aposentado faz “19” anos hoje. Por favor, mandem um abraço pra esse velhinho fofo que fez muito pela educação da cidade de Barueri! ❤️

  • Tá demais o programa. Índiashow! Um pena o sectarismo do Bozo hindu.

    Quando os Srs aludem “Cerro Corá da Lapa”, percebi-pesquisando- ser rua do bairro paulistano menos famoso do que a meca dos bambas do Rio. Quase imaginei ser um erro, pois Cerro Corá é uma favela conhecidíssima da Zona Sul carioca, notadamente no Cosme Velho, onde a playbozyada sempre subia em busca do saudoso Engenheiro de Moura.

    Absss

  • Francisco Trope disse:

    Olá Felipe e Mathias,
    acompanho e o programa há alguns meses e esta edição foi especial, pois no dia 29 comemorei meus 5 anos, então agradeço pelo feliz aniversário.
    Minha bisavó também nasceu em 29 de fevereiro, e tinha o mesmo nome que eu (Francisca) então há uma dose extra de superstição nisso tudo.

    Parabéns pelo programa, e mandem por favor um abraço para minha amiga Luisa, que também acompanha o podcast e me “repassou” o feliz aniversário.

  • PAULO EDUARDO PINTO DE ALMEIDA disse:

    De uma certa maneira o Xadrez Verbal mudou a minha vida. Apesar de não ser da área, eu sempre gostei de história e política internacional, já tive uma carga razoável de leitura sobre isso, mas ultimamente não tenho tempo para ler tanto. Com o podcast fica mais fácil de eu aprender porque ouço no carro ou quando estou esperando algum compromisso. Já ouvi um monte de episódios do Fronteiras também e acabei indo buscar outros podcasts sobre Oriente Médio (que é o tema que eu mais gosto).
    Em retribuição já me registrei no apoia-se e estou contribuindo para o canal.
    Queria mandar um abraço pro meu amigo Bruno Andrade Costa que me apresentou o Xadrez Verbal. Queria, por fim, pedir um Fronteiras sobre a Andaluzia.
    Grande abraço para vocês, Filipe e Matias.

  • Francisco Trope disse:

    Ola Felipe e Mathias,
    Acompanho o podcast há alguns meses e nesse episódio tive o prazer de receber seu feliz aniversário, então muito obrigado! Neste 29 de fevereiro completei 5 anos de idade, no mesmo dia em que minha amada bisavó Francisca completaria 26.

    Parabéns pelo programa, e por favor mandem um beijo para minha amiga Luisa, outra ouvinte assídua que foi quem me avisou do parabéns espacial.
    Abs

  • Bom crepúsculo!
    Estou deveras feliz com o retorno do apelido Erdogolum que me rende boas risadas enquanto ouço o podcast no metrô e gostaria de pedir um abraço para o meu querido Jonas que faz aniversário no domingo dia 8.
    Daqui a pouco vcs vão precisar fazer um bloco só pra felicitações de aniversário mas é o preço do sucesso.

  • Rafael José disse:

    Olá Felipe e Mathias, ótimo podcast mais uma vez, gostaria de falar que agora eu sou companheiro de ciências humanas de vocês, passei na UnB para geográfia, (a melhor ciência humana e geociência, ao mesmo tempo) e estou muito animado pra começar a fazer o curso que eu amo, vocês foram inspirações para não desistir de tentar fazer o que eu queria.
    Mandem um salve pra atlética coordenada e pro curso de geografia da UnB.

  • Rafael José disse:

    Olá Felipe e Mathias, ótimo podcast mais uma vez, gostaria de falar que agora eu sou companheiro de ciências humanas de vocês, passei na UnB para geográfia, (a melhor ciência humana e geociência, ao mesmo tempo) e estou muito animado pra começar a fazer o curso que eu amo, vocês foram inspirações para não desistir de tentar fazer o que eu queria.
    Mandem um salve pra atlética coordenada e para todo o curso de geografia da UnB.

  • LUCAS WEYNE SILVA disse:

    Olá Filipe e Mathias!

    Sou um ouvinte assíduo e gosto muito das explicações e a forma detalhada em que o programa é conduzido.
    Sou um auditor externo e os escuto enquanto verifico as infinitas planilhas contábeis de minha profissão.

    Hoje, 05.03.2020, é o aniversário da minha a mãe a Sra. Geny, que é uma ouvinte eventual nas viagens família em que faço com ela e a minha noiva, Natália, que gosta muito do “Fronteiras”.

    Neste momento o dólar está R$ 4,6316, que obviamente estragou os meus planos de curtição nas férias.

    Um abraço e um beijo na glabela.

    Lucas Weyne de Santo André.

  • Filipe Marlom disse:

    Olá! Meus queridos podcasters favoritos. Vocês fazem parte da minha rotina desde 2018, quando comecei a estudar Direito e, acabei encontrando-os quando procurava noticias relacionadas ao Direito Internacional. Agora durante o percurso da minha graduação me dispus a estudar a História do Direito por culpa de vocês! Sim, culpa de vocês que me fizeram perceber como os ramos da História se espalha por todas as outras matérias. Enfim, gostaria de dá meus parabéns pelo programa maravilhoso e um abraço mais em especial ao “FILIPE” meu xará e dizer que sinto sua dor, pois constantemente escrevem meu nome ou chamam de maneira errada.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>