Xadrez Verbal

Xadrez Verbal #190 Peso Real

OUÇA O PODCAST

A sua revista semanal de política internacional em formato podcast chega à sua 190ª edição! Como vocês aguentam? Fomos primeiro até o Sudão, onde a junta militar que domina o país reprimiu com violência os protestos da população que deseja eleições; mas quem apoia essa junta? Quais os interesses por trás disso? As relações árabes são um pouco mais complexas do que aparentam.

De lá desembarcamos na Normandia, onde a memória do Dia D serviu para o encontro de diversas lideranças políticas mundiais, incluindo um jantar de gala de Trump com a rainha; aproveitamos a ocasião e passamos por toda a Europa, com destaque para as eleições dinamarquesas.

Finalmente cruzamos fronteira rumo à vizinha Argentina, onde o presidente Bolsonaro comentou da possibilidade de uma moeda única, ideia que não é de hoje na região.

Posts Relacionados

9 comentários em “Xadrez Verbal #190 Peso Real”

  • Leonardo Jalles disse:

    Muito bom esse episódio. Gostaria de deixar um abraço para a minha esposa Crislayane Matias, tento sempre fazer ela ouvir o xadrez verbal comigo, acredito que se vocês conseguirem pronunciar o nome dela direito pode dar uma força boa! Kkkkk

  • GUILHERME SKREPKA OVCAR disse:

    Bom dia, boa tarde e boa noite nobre senhores.

    Eu me chamo Guilherme, de Curitiba/PR, e sou um ávido ouvinte do Xadrez Verbal há cerca de 1,5 ano. Fui apresentado a esse precioso conteúdo por um colega internacionalista (Felício).

    Bem, há tempos estou para registrar um comentário no site, mas em razão das minhas demandas profissionais deste ano não pude fazê-lo antes.

    Atualmente me encontro no SUDÃO – mais especificamente na cidade de El Fasher, na região de Darfur – e estou trabalhando para as Nações Unidas como Capacete Azul, desde janeiro deste ano (2019), na UNAMID (Missão Híbrida das Nações Unidas e União Africana pela paz em Darfur/Sudão). Aí no Brasil sou Oficial da Polícia Militar do Paraná e também estudante de Relações Internacionais na Unicuritiba – na verdade só falta o bendito TCC, o qual tenho postergado por razões de preguiça (admito) – e um candidato ao CACD desde 2016.

    Antes de mais nada devo dizer que sou um grande fã de vocês em virtude da rara habilidade de aliar conteúdo de qualidade, objetividade e humor em uma só produçã; e sem nunca perder a mão. Ainda, a minha admiração também decorre do longo conteúdo que vocês oferecem: permitindo longas horas de entreterimento e aprendizado.

    Para mim, aqui em Darfur, ouvir o podcast de vocês é uma combinação de epopéia com deleite.

    A epopéia decorre das longas horas que levo para poder baixar os podcasts no aplicativo do meu celular “da maçã” – o que, pelos embargos do governo estadunidense, torna-se uma aventura de VPNs e quedas de conexão – usando a parca internet que aqui temos – a qual, por sinal, foi derrubada nas últimas três semanas pelo governo.

    O deleite, por sua vez, é da oportunidade de ouvir um português bem falado (inclusive com gírias super atualizadas) e, principalmente, pela possibilidade de me manter tão atualizado mesmo estando tão distante – distância essa que não é tão relacionada à medidas, mas sim à falta de internet e dificuldade de acessar sites bloqueados pelo governo.

    Gostaria de me colocar a disposição de vocês para qualquer esclarecimento necessário ou notícias/informações sobre a situação política e social aqui do Sudão – pois nem tudo tem sido divulgado na mídia. Fiquem à vontade para me contatar pelo meu e-mail. Ainda, caso vocês ainda não conheçam, recomendo o site de notícias sudanesas , onde vocês poderão achar relatos disassociados do controle governamental.

    Sou um grande fã do programa, e fico feliz em contribuir com a já vasta lista de países que contém ouvintes do podcast do Xadrez Verbal: podem aí incluir o Sudão.

    Se não for pedir muito: vocês podem mandar um abraço para o meu colega Felício e todos os estudantes e professores de relações internacionais da Unicuritiba (com certeza ouvintes do Xadrez Verbal)? Entre eles, em especial o nobre ANDREW TRAUMAN (o melhor professor de todos os tempos – desculpe Filipe).

    Um grande abraço a vocês, e obrigado pelo conteúdo!

  • Sylvia Tamie disse:

    Gostaria de elogiar a explicação do Filipe sobre conjunções adversativas, muito correta e sucinta.
    Como linguista, eu também sempre me interesso sobre a origem dos nomes das moedas, talvez algum dia vocês possam falar sobre isso. Por exemplo, por que a moeda comum entre Brasil e Argentina se chamaria Peso Real? Achei que se chamaria Chokito com centavos em Alfajor.

  • Pedro Augusto disse:

    Belissimo Episodio. Gostaria de Deixar um forte Abraço pra Amanda que é doutoranda em historia e faz parte do grupo do projeto humanos, que ama esse popcast mais que tudo. E um beijo na bunda do nosso nobre matias

  • Denis Machado Rossi disse:

    Quanto a decisão sobre o quadro “menino neymar” mais uma vez vocês demonstraram seriedade e profissionalismo e bla bla bla ,,,,, mandaram bem pra k7

  • Davi Sabóia disse:

    Bom crepúsculo meus caros, acompanho o programa desde 2015 época que ainda estava fazendo o ENEM pra oceanografia. Tranquei o curso em Fortaleza e voltei a residir na minha cidade natal, Sobral. Hoje faço direito e a cada dia tenho mais certeza da minha vontade de ser diplomata. Nesse tempo pude ver o crescimento do programa e adoraria ajudar como colaborador( o que farei certamente quando tiver condições). Parabéns pelo serviço de imprensa independente de qualidade.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>