Xadrez Verbal

Xadrez Verbal #209 Protestos pelo Mundo

OUÇA O PODCAST

Começamos pelo Oriente Médio, onde protestos tomaram o Líbano e continuam no Iraque. Também analisamos o acordo entre Rússia e Turquia em relação ao conflito sírio. De lá vamos para a Europa, com mais um capítulo da novela Brexit e eleições na Suíça. Finalmente, é claro, passamos pela nossa vizinhança latino-americana, com os protestos no Chile, os pedidos de recontagem na Bolívia e as prévias das eleições Buquebus, na Argentina e Uruguai.

Posts Relacionados

8 comentários em “Xadrez Verbal #209 Protestos pelo Mundo”

  • Vinicius Lisboa disse:

    Olá Filipe e Matias, sou estudante de História da Universidade Católica do Salvador e gostaria de dizer que o programa de vocês me ajudou bastante a ampliar os meus conhecimentos sobre politica internacional e meus interesses profissionais também. Forte abraço e lancem logo o episodio novo do Fronteiras Invisíveis, já estou tendo crises de abstinência.

  • Jonathas Marques disse:

    64:50 E caso morra o assunto e você não saiba como continuar o papo:

    “Pelo mesmo motivo que
    -Na turma da Mônica, só tem dedo no pé quem usa sapato
    -O Mario tem bigode
    -O Sonic vira bola na hora de correr
    -Os digimons vão pra aquele lugar escuro pra digievoluir
    -O Naruto corre com os braços para trás
    -As batalhas de Dragon Ball são sempre no deserto
    -O Superman voa “parado com o braço esticado”
    -A cadeira do professor Xavier flutua e não tem rodas
    -O Vingador cavalga de vestido
    -Ninguém vê o Mestre dos Magos chegar/sumir
    -A Sheila fica invisível”

  • Meninos, o Ceará tb teve Ceará sua Light, era a Tramway, Light and Power Company, que atuou por aqui do início do século XX até 1947. Ao que uma pesquisa inicial nos indica, a nossa Light não era dos mesmos acionistas da Light do RJ e SP.

  • Luís Felipe Gonçalves disse:

    https://www.youtube.com/watch?v=xqegTsi6SiE

    Com relação a Austrália no primeiro giro, tem esse canal australiano fantástico de humor. Elas também fizeram sobre a Papua Ocidental que também é maravilhoso. Aliás, mande por favor Matias um abraço pros meus amigos, colegas e ouvintes ocasionais do Xadrez Verbal no curso de História da (anteriormente USC) Unisagrado, Larissa Ramos e Thiago César.

  • Olá! Começar por dizer que gosto muito do vosso trabalho!

    Filipe, qual é a justificativa destas afirmações?
    – 17:55 : “o partido de Trudeau foi quem saiu com pior saldo nas eleições”.
    – 18:39 : “foi uma perda grande para o partido do Trudeau”
    – 21:20 : “ele foi o maior derrotado”

    A minha opinião:
    1) NPD sai das eleições mais derrotado. Comparação antes e depois eleições:
    – Partido liberal (Trudeau) : 184-177 vs. 157 (menos 11-15%)
    – Novo Partido Democrático : 44-39 vs. 24 (menos 39-45%)
    Não podemos comparar o sucesso de um partido comparando os ganhos ou perdas de acentos entre eles. Exemplo se o Partido liberal ou Partido conservador tiverem uma diferença de 5 cadeiras não é muito considerável. Se os Verdes ganharem 5 cadeiras é muito bom. Então neste meu exemplo não se pode usar o resultado de 5 cadeiras para falar em derrotado ou vitorioso entre o PL/PC com os Verdes.
    2) O PC na verdade é o verdadeiro derrotado, porque é a principal força de oposição que se esperava tomar a posse do governo. Mesmo com mais cadeiras, Andrew Scheer tem o seu lugar como chefe do partido em grande risco.
    3) O PL ganhou as eleições e vai governar um segundo mandato consecutivo, mesmo se agora é minoritário, parece-me claramete uma vitória…

    “Prá frentex” ! Desejo sucesso (que nitidamente já o têm!)

  • Gabriel Gonzalez disse:

    Hola Mati y Filipe!

    Muchas gracias por informar muito bem sobre o que está acontecendo en Chile! Irei repassar o máximo que possa ao meus conhecidos para que difunda o que está havendo! Muchas gracias mismo!

    Un adendo sobre la Camila “peluche” Flores, Tom Araya, vocalista del Slayer fue homenageado en Valpo recentemente y posó al lado de la “Peluche”, onde ela também organizou o evento. Para mi y los que conozco la imagem de Tom Araya ficou marcada negativamente, pois como vocês informaram ela es una pinochetista. Questionable?.
    Momento vergonha alheia es um video della diciendo viva al metal… busquen…

  • José Carlos Junior disse:

    Sobre a substituição de “fake news” por “Lorota”: eu acho que vocês deveriam adotar o termo, pois assim fica a cara do podcast brasileiro. Outras palavras para usar são “migué” e caô”, coisa que eu já falo com os(as) meus alunos(as) (sou prof. de história, assim como o Filipe).
    Nós temos palavras mais bacanas para usar invés de “fake news” que é um tremendo termo sem-graça. Adotem as expressões e gírias brasileiras kkkkkkk

    Forte abraço!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>