Xadrez Verbal

Xadrez Verbal #211 Girão de Notícias

OUÇA O PODCAST

Começamos pelo paralelo 38, com uma pesquisa de opinião reveladora sobre as Coreias e o Japão, continuidade dos protestos em Hong Kong, smog na Índia, a cúpula da ASEAN e as últimas do sudeste asiático.

Também giramos pela Europa, onde o parlamento britânico tem novo chefe, teve alarme falso de terrorismo nos Países Baixos, a Espanha terá mais uma eleição, além de uma discussão sobre o futuro da OTAN.

Finalmente, passamos pela nossa vizinhança, com manifestações generalizadas na Bolívia e Chile, pesquisas eleitorais no Uruguai e uma mudança simbólica de voto brasileiro na ONU.

Posts Relacionados

3 comentários em “Xadrez Verbal #211 Girão de Notícias”

  • David Onezio Moraes disse:

    Ótimo programa, não tem jeito melhor de se atualizar sobre a politica internacional.
    Indo para o principal, o Flamengo não poderia jogar no Uruguai, como o ótimo Mauro Cezar citou em um twitte, no ultimo sábado durante a final da Sulamericana, os argentinos estavam com 40 mil torcedores do Colón, no Paraguai, imagine isso no Uruguai, A Argentina iria anexar o Uruguai. O mais certo seria o jogo acontecer no Uruguai do Norte, mais conhecido no Brasil como Rio Grande do Sul, aí as coisas ficariam justas, o fregueses recentes do sul, iriam se bandear para o lado hermano, mostrando mais uma vez sua vontade de serem estrangeiros, o Flamengo contaria com sua força nacional, tornando o Rio Grande do Sul mais brasileiro do que ele nunca foi e nunca será!

  • O Flamengo não foi campeão da Libertadores de 81 em Montevidéu. Foi campeão naquele golpe em Goiânia!

    Wright maior que Zico!

    Sobre a falsa comunicação de sequestro de aeronave em Amsterdã, explicando um pouco de como funciona. Os aviões têm um transponder, que é um equipento que, em situações normais, transmite a identificação, altitude e velocidade da aeronave. Porém, em determinadas situações, os pilotos colocam no transponder os códigos 7600 (falha na comunicação), 7700 (emergência) e 7500 (sequestro da aeronave). Se você troca esses códigos com o transponder em standby, nada acontece. Provavelmente, ou os pilotos esqueceram de colocar em standby ou esqueceram de tirar o código 7500 na hora de reativarem o transponder e causaram toda a confusão.

    Grande abraço!

  • A ação de militares forçarem o Evo Morales à renunciar se chama Golpe de Estado. Essa atitude não tem outro nome. Reconheço o erro do presidente Evo Morales de não aceitar o referendo, mas mesmo assim, não justifica o Golpe de Estado.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>