Xadrez Verbal

Xadrez Verbal #233 É pau, é pedra

OUÇA O PODCAST

Começamos pelos EUA, ainda com as consequências do assassinato de George Floyd, decisões na Suprema Corte e encomendas de navios quebra-gelo.

Giramos pela América Latina, da Argentina até a Guatemala, incluindo notícias da política externa brasileira.

Finalmente, repercutimos a mais recente escaramuça entre China e Índia, tensões na península coreana e demais notícias da Oceania e Pacífico.

Posts Relacionados

10 comentários em “Xadrez Verbal #233 É pau, é pedra”

  • Michel Franklin Cardoso Sobrinho disse:

    Mais uma excelente edição do Xadrez Verbal, meus companheiros de turno noites adentro sempre com informação de qualidade.

    Forte abraço Mathias e Filipe.

  • Olá pessoal,
    Grande fã do trampo de vocês!
    Seguinte, ouvi o repertório da máscara OTO, comprei uma e mais um jogo de filtros sobressalentes mas, comi bola (ou vocês só anunciaram depois mesmo) e só depois fiquei sabendo do desconto de 10% e sobre a ‘ação social’ com o Xadrez Verbal.
    Ainda da tempo de pegar os 10% (que eu não resgatei na compra) da mascara e filtros e ‘pôr na conta’ da ação de vocês?
    Abraços!

  • Brendo Marcio disse:

    Quando o Felipe/ou Filipi (slá) repercurtiu a notícia dos ursos só pude pensar no desenho do Zé coméia. Já que os personagens principais são um urso e um guarda florestal. Se puder explicar um pouco mais essa situação. De repente um Nerdologia. Manda o salve. As imitações do Mat(h?)ias são sensacionais.

    Abçs

  • Leonardo de Mello Nakamura disse:

    No programa foi falado tanto de Gleb Wataghin como de César Lattes. Ambos são homenageados no campus de Barão Geraldo da Unicamp, o primeiro no IFGW – Instituto de Física Gleb Wataghin e o segundo na BCCL – Biblioteca Central César Lattes.

    Parabéns por mais um ótimo programa. Peço abraços para Júlio Capelupi e Pedro Henrique, grandes palmeirenses como o HOMEM POR TRÁS DO TABULEIRO. Valeu!

  • José Carlos Junior disse:

    Se liguem na loucura: dia 18 de junho meu melhor amigo, que trabalha numa firma de telemarketing relacionada a internet, TV por assinatura e telefone, me enviou uma imagem (via “zapzap”) de um canal de notícias falando sobre a “explosão” do prédio na Coreia do Norte, me dizendo que algum(a) funcionário(a) do consulado sul-coreano em São Paulo, ligou para a operadora no dia anterior (17 de junho) pedindo para aumentar a velocidade da internet.
    O ponto aqui é: não sei se tem relação com a implosão do prédio, mas é um prato cheio para teorias da conspiração, acreditar que tudo isso faz sentido etc.

    Abraço, Matias e Filipe!

    P.S.: meu amigo pediu para preservar o nome dele, então não mencionei aqui.

  • Daniel Pinto disse:

    Física USP escuta vocês em peso!

    Não vou falar sobre a freguesia pq, eu era da galera do CEFISMA (Centro Acadêmico da Física) e não participava da Atlética, mas conheço todos os citados pelo nome. Manda um salve pro Buddah!

    Não gostei do Filipe ter censurado a música do Mc Rayban. hahaha

    Abs.

  • Marcus Carvalho disse:

    Os eps com mais de 4h são ótimos. Ouço na velocidade normal mesmo e só terminei na segunda-feira às 13h, por passar o equivalente a um Ep pequeno do xadrez Verbal (quase 3h) na gravação de um Ep do Mama África FC, Podcast do Ponta de Lança sobre os 10 anos da copa de 2010.

    Falando sério, tenho percebido como os eps também ajudam a enriquecer minhas aulas de inglês, pois acabo usando algumas informações pra promover debates com os alunos.

    Grande abraço!

  • Brendo Marcio disse:

    Como assim o nome da coluna é “gambito da dama”? Sempre entendi “capítulo da dama”. Queria deixar a minha insatisfação pois o Filipe não falou “Kim Jong-un gordin”. Existe alguma lista com os especiais do Xadrez? Queria ouvir todos.

    Abçs

  • Márcio Santos disse:

    O título do livro do Bolton faz alusão a uma das músicas do musical Hamilton! O pessoal de marketing da editora foi afiado!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar algumas tags HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>