SDT Na Bancada #23 Hillsborough 30 Anos

Em abril de 1989, o futebol mundial mudou! A morte por asfixia de 96 torcedores do Liverpool, na prévia da semifinal da FA Cup realizada no estádio do Sheffield Wednesday, foi a gota d’água para a reestruturação do esporte das massas no Reino Unido.

Gabriel Brito, Irlan Simões e Matias Pinto voltam três décadas, com participação do professor Gilmar Mascarenhas, para investigar os fios soltos desta história mal contada, na qual autoridades e imprensa culpabilizaram as vítimas pelo desfecho trágico.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

Posts Relacionados

29 de maio 2015: 30 anos de Heysel

Headline, Assigning Editor or Reporters Name

Já se passaram 30 anos e no entanto a Juventus e o futebol mundial não esqueceram a famigerada tragédia de Heysel: Foi no dia 29 de maio de 1985 quando os alvinegros de Turim enfrentavam, na final da Copa dos Campeões, os ingleses do Liverpool. Para aquele grande evento do futebol europeu, o decadente estádio de Bruxelas foi escolhido. Heysel não estava a altura da grande final assim como a policia destacada. O resultado conhecemos bem: 39 mortes (32 juventinos) e cerca de 600 feridos. A taça orelhuda acabou nas mãos da Velha Senhora porém não havia motivo para festejar.

A distancia de três décadas, a lembrança e a dor daquela trágica noite estão ainda vivas na memória do povo bianconero. Uma página triste na história do futebol. Hoje, o clube mais popular da Itália lembrou o episódio com o seguinte pensamento:

29 de maio 1985, o dia mais triste da nossa história.

Era pra ser um momento de festa, expectativa e tensão esportiva mas que se transformou em tragédia.

Trinta e nove pessoas inocentes naquela noite perderam a vida.

Trinta e nove famílias ficaram marcadas pra sempre com uma dor imensa. O acontecimento daquela noite ficou pra sempre na memória da todos os torcedores. Daqueles que estavam presentes em Bruxelas, dos que estavam sentadas na frente da TV e ainda daqueles que eram muito jovens ou que nem eram nascidos. Passaram trinta anos e hoje nos resta apenas rememorar.

A Juventus o fará participando ao lado da Associação dos familiares das vítimas de Heysel uma Santa Missa que será celebrada, às 19h30, na igreja da Gran Madre di Dio, em Turim. Estarão presentes os jogadores da Prima Squadra, o staff técnico e os dirigentes da sociedade. A Juventus participará em Bruxelas de uma cerimonia pública representada pelo presidente do J-Museum Paolo Garimberti e Sérgio Brio. Na cerimonia que será realizada, em Liverpool, estarão presentes Gianluca Pessoto e Massimo Bonini. Este artigo estará no site Juventus.com durante todo o dia de hoje.

O resto será silêncio.

Para honrar sua memória.

Reiterar a esperança de que a zombaria vil das 39 vítimas que foram parte durante muitos anos, o fim disso de uma vez por todas.

Para trazer conforto para as suas famílias.

Para deixar claro que um ato semelhante de loucura não deve ser repetido.

Nunca mais.

Capa da tradicional revista esportiva italiana Guerin Sportivo

guerin

No último final de semana, a torcida fez questão de ressaltar os 30 anos de Heysel. Em seu último jogo, em casa, nesta temporada do calcio, e a alguns dias de uma nova final da Liga dos Campeões, os tifosi homenagearam as 39 mortes da tragédia. Aos 39 minutos de jogo, a curva juventina abriu um imenso trapo com a mensagem: +39, respeito. Cada torcedor levantou um cartaz com o nome das vítimas. Em outro trapo havia a seguinte inscrição: “Ninguém morre de verdade se permanece no coração dos que ficaram, pra sempre”.

e3107750-0a9d-4e46-94a7-184fac81b1d0

Assista o documentário da BBC sobre Heysel

 

Mais fotos da tragédia

 1228797_master228931_master

Posts Relacionados