O Som das Torcidas #191 Andrés Calamaro

Um dos mais influentes músicos argentinos completou seis décadas neste domingo (22/08) e nós revisitamos alguns das suas composições que foram adaptadas nas canchas de Avellaneda, Buenos Aires, Chiapas, La Plata, Madrid, Rosario e Santa Fé, passando por sua carreira-solo e pelas bandas Los Abuelos de la Nada e Los Rodríguez.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

Na Bancada Live #19 Culturas Torcedoras pelo Mundo

Qual a origem das torcidas organizadas? Por que é comum só existir uma barra por clube? Como os ultras se politizaram tanto? Casuals é um modo de torcer? Qual é a função das peñas? O que são as porras?

Essas e outras perguntas tentaram ser respondidas pela nossa linha de frente formado por Irlan Simões, Matias Pinto, Nicolas Cabrera e o convidado Sergio Engracia, direto de Lisboa.

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #178 Platense

La Banda Más Fiel

Fundado por um grupo de jovens que apostaram em um cavalo vencedor no Hipódromo de Palermo, em 1905, o Club Atlético Platense é um dos quadros mais tradicionais do futebol argentino, além de se caracterizar por uma cor pouco usual, em homenagem ao jóquei daquela carreira vitoriosa: o Marrom.

O clube peregrinou pelos dois lados do limite norte da capital argentina e sua região metropolitana, bem como pelas divisões de acesso, retornando à Primera no último domingo (31/01), após 22 anos de ausência.

Os calamares possuem muitas rivalidades pela Grande Buenos Aires, destacando-se Argentinos Juniors, Chacarita Juniors e Tigre, sendo que reencontrará o primeiro na próxima temporada!

Posts Relacionados

O Som das Torcidas # 177 Maradona

Nos despedimos da nossa audiência em 2020 e também de Diego Armando Maradona, um mês após a sua morte, certamente o jogador que foi mais cantado pelas arquibancadas que defendeu nas canchas.

Do começo no Argentinos Juniors, passando pela seleção argentina, Boca, Napoli, Newell’s Old Boys e por último o Gimnasia La Plata, já como treinador, escutamos os cânticos em louvor a D10S.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #164 Cumbia

Partimos do departamento de Magdalena, no norte da Colômbia, para mostrar como a dança originária da etnia Pocabuy mesclada com ritmos africanos se popularizou pela América Latina, criando diversos gêneros locais em outros países como Argentina, Brasil, Chile, México, Paraguai, Peru e Uruguai, além de influenciar diversas hinchadas em nosso sub-continente.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #163 Reggaeton

Fruto do intercâmbio de imigrantes jamaicanos no Panamá, o reggae cantando em espanhol ganhou nova roupagem em Porto Rico e conquistou o Mundo como o Reggaeton, a partir do lançamento do hit Gasolina de Daddy Yankee em 2004, quando se tornou a primeira música do gênero a concorrer no Grammy Latino.

Passamos por dez canchas de Santiago até Madrid para ouvir como o ritmo caribenho influenciou diversas hinchadas!

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #30 Chile SADP

Depois de rodar o mundo investigando como a transformação dos clubes em empresas provocou a reação dos torcedores, finalmente voltamos à América do Sul.

Mais precisamente no Chile, país-modelo do neoliberalismo militarizado no século passado, que foi o pioneiro na regulamentação e conversão das sociedades anônimas nos clubes de futebol do continente, em 2005.

Entender o que aconteceu do outro lado dos Andes é pré-requisito básico para pensar as consequências da adoção dos clubes-empresa no Brasil.

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #161 Montevideo Wanderers

Voltamos à capital uruguaia para conhecer um dos clubes mais tradicionais do paisito, cuja História se confunde com a da Celeste.

Passamos pela escolha do nome e cores do MWFC – que remonta à amizade mais longeva entre hinchadas sul-americanas – além das rivalidades no bairro do Prado, com Defensor Sporting, Nacional e Peñarol!

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #26 Copa América

Analisamos o contraste entre o vazio das Arenas e desinteresse do público brasileiro com a festa dos nossos hermanos, escalando uma seleção sudaca para debater o extra-campo do torneio continental mais longevo do Planeta Bola: além dos brazucas Gustavo Mehl e Matias Pinto, somaram conosco o argentino Nico Cabrera, o chileno Pablo Mardones, o colombiano Marco Valderrama, o peruano Ricardo Fernández e o uruguaio Sebastián Chittadini.

Posts Relacionados