SDT Na Bancada #17 Privatizar e Proibir em SP

São Paulo é o túmulo das torcidas, vanguarda das proibições inúteis e outras medidas inócuas no combate à violência. O que não quer dizer que seja a única cidade/estado a cercear a cultura torcedora.

Nossa bancada formada por Gabriel Brito, Irlan Simões, Matias Pinto e Nico Cabrera rodam pelas canchas de Argentina e Brasil para discutir desde a proibição da venda de choripán e cerveja, passando pela privatização do Pacaembu e a selvageria da Brigada Militar contra torcedoras do Inter, além de atualizar pautas já debatidas como a elitização do Allianz Parque, torcida única etc.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #14 Democracia Torcedora

A temporada do futebol brasileiro acabou, mas tivemos eleições no Clube de Regatas do Flamengo e Sport Club Internacional no final de semana passado, mostrando as diferenças entre os modelos políticos de ambos os clubes.

Convidamos David Butter – membro do Flamengo da Gente – e Ivandro “Latino” – representante d’O Povo do Clube – para bater uma bola sobre os desafios dentro da política clubística e a importância da democracia para as lutas torcedoras.

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #12 Dia da Consciência Negra

Na véspera do 20 de novembro, estabelecemos contato com Salvador, onde surpreendentemente a data não é feriado municipal ou estadual. Nosso convidado foi Nelson Barros Neto, gerente de comunicação do EC Bahia e um dos representantes do Núcleo de Ações Afirmativas. Debatemos as última iniciativas tricolores neste sentido, além da contextualizar o momento político que o clube está vivendo, permitindo esta abertura democrática.

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #145 Política

Voto Latino!

O futebol como espelho da sociedade reflete o processo democrático – e também a falta dele – como veremos em dez arquibancadas que se inspiram em jingles políticos, fazem campanha para candidatos ou protestam contra os governantes!

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #07 Ocupa Palestra

De volta para às arquibancadas brasileiras, recebemos o coletivo Ocupa Palestra no nosso sofá de concreto. Em conversa com Lucas Daiki, nossos anfitriões Irlan Simões e Tiago Cassis discutiram a atualidade dos torcedores do Palmeiras na nova arena do clube.

Além do ingressos caros, também entrou na pauta o cerco que impede a concentração da torcida que canta e vibra nos arredores do seu próprio estádio.

Na mesa, o destino conspirou pela troca do nosso tradicional puxador Matias Pinto, por ninguém menos que Leandro Iamin, comandante do formato original do Som das Torcidas e palmeirense acima de qualquer suspeita. E ele também se abriu como torcedor.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

O Som das Torcidas #142 Seven Nation Army

A obra-prima do duo The White Stripes mostrou que ainda tem força nas arenas russas, ao ser escolhida pela FIFA como música de entrada das seleções durante as 64 partidas da Copa do Mundo.

Após uma inesperada vitória do Club Brugge diante do Milan, em pleno San Siro, em outubro de 2003, os torcedores belgas comemoravam nas ruas milanesas quando começaram a corear o poderoso riff composto por Jack White. Desde então, passou a ser tocada sempre que os blauw-zwart anotam gols no Jan Breydel Stadium.

Numa dessas oportunidades, o clube de Flandres recebeu a AS Roma e saiu na frente, contudo os romanistas viraram e os tifosi passaram a cantarolar “po po po po”. Alguns meses depois, a Itália tornaria-se tetracampeã mundial e durante celebrações no Circo Massimo surgiria o canto “Siamo i campioni del mundo” que se espalhou para além das Sete Nações derrotadas pela Azzurra.

Posts Relacionados

Posts Relacionados

Posts Relacionados

Posts Relacionados