Xadrez Verbal #221 Cliffhangers

Como foi encerrado o Brexit? E o processo de impeachment do Donald Trump? E a questão dos brasileiros em Wuhan? Falando na China, e a série da estrutura do 5G pelo mundo? Como está a recepção mundial do plano de paz de Trump e seu genro para Israel e Palestina?

A sua revista semanal de política internacional em formato podcastal chega para resolver todos esses precipícios do últimos dias, além de te atualizar sobre a América Latina, Europa e os EUA.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #214 Balotaje no Uruguai

Após uma pausa para recontagem, devido ao número apertado de votos entre os dois candidatos, o paisito elegeu Lacalle Pou como seu novo presidente.

Voltamos a receber nosso querido Gustavo Rebello, diretamente da Flórida, falando sobre o processo do impeachment de Trump e questões agrônomas.

Também fomos até Hong Kong, que realizou eleições distritais, com vitória da oposição. O que essa vitória pode significar no contexto da queda de bração com Pequim?

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #207 Resistência Curda

Estabelecemos contato com a internacionalista Florencia Guarche, diretamente de Porto Alegre, para uma conversa sobre os curdos na Síria e a operação turca ao sul da fronteira.

Também voltamos ao Equador, onde o presidente Lenín Moreno, de forma provisória, alterou a capital do país, já que Quito está tomada por manifestantes.

Finalmente, fomos até os EUA, onde as relações com a China causaram uma discussão sobre ética e dinheiro, sem falar nas últimas atualizações do processo de impeachment de Trump.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #205 ImpeachmenTrump?

Depois de uma semana com a estreia do Repertório, o programa de entrevistas do Xadrez Verbal, voltamos ao nosso formato habitual em um programa bastante recheado. Gustavo Rebello, nosso correspondente na Florida e aniversariante da semana, comenta a disputa da União Postal, entre EUA e China.

Já o professor Guilherme Casarões, como em todo ano, nos brinda com uma análise do discurso brasileiro na abertura da Assembléia Geral das Nações Unidas.

Filipe Nobre Figueiredo, o homem por trás do tabuleiro, analisa as eleições em Israel e também apresenta um breve resumo da XVI Conferência Internacional de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.

Por último, nossa dupla de apresentadores usa todas suas técnicas de dramaturgia para reproduzir para vocês o diálogo entre Donald Trump e Volodymyr Zelenski, mandatário ucraniano, que pode causar o impeachment do presidente dos EUA.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #199 Caxemira em Chamas

Mais um capítulo da crise em Assunção por conta do acordo com o Brasil sobre Itaipu, agora com vazamentos, debates na imprensa local, investigação formal e negociações suspeitas com uma empresa brasileira ligada ao partido do governo. Em nosso giro latino-americano também passamos por Argentina, Venezuela, México e Porto Rico, que teve três governadores em cinco dias.

Cruzamos o Oceano Pacífico, para falar de novo da guerra comercial entre EUA e China, além de notícias internas, como o ataque terrorista em El Paso, no Texas.

Também voltamos à Caxemira, onde o governo indiano mudou a constituição e retirou a autonomia da região. O Filipe apresenta os motivos históricos, geopolíticos e os desdobramentos.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #198 Crise em Itaipu

Demos um pião pela nossa quebrada latino-americana, com destaque para a crise em Assunção por causa do acordo com o Brasil sobre Itaipu; também repercutimos notícias da Argentina à Porto Rico.

Já no Oceano Pacífico, abordamos as conversas entre China e EUA por um acordo comercial, com a ajuda de Gustavo Rebelo – nosso correspondente na Florida – além de outras atualidades asiáticas.

Também fomos à Europa, onde Boris Johnson fez um tour pelos países do Reino Unido, para conversar com apoiadores e opositores sobre o Brexit; no meio disso, seu partido perdeu mais um assento no Parlamento, ou seja, o acordo está cada vez mais complicado.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #191 Hong Kong

Nossa primeira parada é pela América Latina, começando no México, que teria entrado em acordo com o governo Trump. Acordo? Mais ou menos. Passamos pela América Central, por nossos vizinhos sul-americanos, pelo Brasil e terminamos na Argentina, onde ocorreram eleições regionais. E o presidente Macri não foi nada bem, acendendo o alerta para o pleito presidencial no segundo semestre.

Fomos para o Reino Unido, onde Boris Johnson está confirmando o favoritismo para ser o novo premiê britânico. Já em Barcelona, a Catedral Sagrada Família recebeu alvará após 137 anos e a Moldávia (ou Moldova) entrou em mais uma crise.

Finalmente vamos tentar explicar últimos os protestos em Hong Kong que ocuparam todo o noticiário ao longo da semana; os motivos jurídicos e os motivos de identidade cultural, além de um breve histórico honconguês (sim, esse é o gentílico).

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #24 ChinaBall

Demorou, mas finalmente o capital chinês quer operar de vez no futebol brasileiro. América-MG e CSA foram procurados para estabelecer “parcerias” com o empresariado da potência econômica oriental, e vários cartolas se empolgaram com a possibilidade de ter um megainvestidor no seu próprio clube.

Como nenhum mito se sustenta com a nossa linha de frente, provocamos o aliado Emanuel Leite Junior para explicar o porquê da China investir tanto no esporte global.

Seja na sua própria liga, em clubes estrangeiros ou demais modalidades, nosso especialista no tema esclarece como tudo está relacionado a uma noção muito particular de desenvolvimento econômico e “soft power”.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #187 Black Metal Venezuelano

Programa um pouco diferente do que vocês estão habituados! Chegamos falando das relações entre as principais potências no Mundo. A Rússia foi conversar com os EUA, que brigou com a Europa, que precisa conseguir enfrentar os chineses, que foram banidos pelos EUA, que são amigos do Canadá, que teve seus cidadãos presos na China, que tem interesses na Venezuela, cujos representantes foram dialogar na Noruega.

Também passamos por notícias na América Latina e no Golfo Pérsico, onde os sauditas acusam os iranianos de terem sabotado seus navios. Além disso uma coluna de fôlego da professora Vivian Almeida!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #186 Tensão no Golfo Pérsico

Quatro anos da sua revista semanal de política internacional em formato podcast! Como vocês ainda nos aguentam? Chegamos falando tudo o que aconteceu na última semana em relação ao Irã; o envio de um porta-aviões pelos EUA, a suspensão de partes do acordo nuclear, a reação da Europa, além de muitas outras notícias do Oriente Médio, incluindo uma marmelada turca.

Passamos pela nossa vizinhança, com tentativa de assassinato de um parlamentar na Argentina, eleições no Panamá, as andanças do atual chanceler brasileiro e, claro, Venezuela.

Finalmente, fomos até a Ásia, do leme ao pontal. Relações comerciais entre China e EUA, mísseis na Coreia do Norte e as eleições na Tailândia!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #180 Eurotrip Chinesa

Mais um voto do Brexit, mais um capítulo dessa novela, mais análises, nenhuma decisão. Aproveitamos que o Eurotunel ainda está aberto e passeamos pelo resto do continente, incluindo telefones do Garfield boiando no litoral francês. Sim, você vai ter que ouvir pra entender. Também acompanhamos Xi Jinping no seu mochilão europeu, com acordos comerciais e alfinetadas nos EUA.

Ainda houve tempo de repercutimos as últimas do Grande Oriente Médio, do Afeganistão até a Argélia, especialmente a decisão de Donald Trump de reconhecer a posse israelense das colinas de Golã. O que isso significa? Quais as implicações?

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #169 Eleições na Armênia

Recebemos novamente Heitor Loureiro, o expert em assuntos da Armênia da casa, para comentar as eleições no país que consagraram Nikol Pashinyan como premiê do país.

De lá passamos para os casos de espionagem que sacudiram o mundo na última semana; o acordo de Maria Butina, a prisão de dois canadenses pela China e ainda a novela da executiva da Huwaei detida no Canadá.

Por fim, fomos para o Reino Unido, onde Theresa May sobreviveu ao voto de desconfiança de seu partido, mas só por ninguém querer ter que lidar com o Brexit, além de um Menino Neymar de cinema!

Posts Relacionados