Xadrez Verbal #199 Caxemira em Chamas

Mais um capítulo da crise em Assunção por conta do acordo com o Brasil sobre Itaipu, agora com vazamentos, debates na imprensa local, investigação formal e negociações suspeitas com uma empresa brasileira ligada ao partido do governo. Em nosso giro latino-americano também passamos por Argentina, Venezuela, México e Porto Rico, que teve três governadores em cinco dias.

Cruzamos o Oceano Pacífico, para falar de novo da guerra comercial entre EUA e China, além de notícias internas, como o ataque terrorista em El Paso, no Texas.

Também voltamos à Caxemira, onde o governo indiano mudou a constituição e retirou a autonomia da região. O Filipe apresenta os motivos históricos, geopolíticos e os desdobramentos.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #198 Crise em Itaipu

Demos um pião pela nossa quebrada latino-americana, com destaque para a crise em Assunção por causa do acordo com o Brasil sobre Itaipu; também repercutimos notícias da Argentina à Porto Rico.

Já no Oceano Pacífico, abordamos as conversas entre China e EUA por um acordo comercial, com a ajuda de Gustavo Rebelo – nosso correspondente na Florida – além de outras atualidades asiáticas.

Também fomos à Europa, onde Boris Johnson fez um tour pelos países do Reino Unido, para conversar com apoiadores e opositores sobre o Brexit; no meio disso, seu partido perdeu mais um assento no Parlamento, ou seja, o acordo está cada vez mais complicado.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #191 Hong Kong

Nossa primeira parada é pela América Latina, começando no México, que teria entrado em acordo com o governo Trump. Acordo? Mais ou menos. Passamos pela América Central, por nossos vizinhos sul-americanos, pelo Brasil e terminamos na Argentina, onde ocorreram eleições regionais. E o presidente Macri não foi nada bem, acendendo o alerta para o pleito presidencial no segundo semestre.

Fomos para o Reino Unido, onde Boris Johnson está confirmando o favoritismo para ser o novo premiê britânico. Já em Barcelona, a Catedral Sagrada Família recebeu alvará após 137 anos e a Moldávia (ou Moldova) entrou em mais uma crise.

Finalmente vamos tentar explicar últimos os protestos em Hong Kong que ocuparam todo o noticiário ao longo da semana; os motivos jurídicos e os motivos de identidade cultural, além de um breve histórico honconguês (sim, esse é o gentílico).

Posts Relacionados

SDT Na Bancada #24 ChinaBall

Demorou, mas finalmente o capital chinês quer operar de vez no futebol brasileiro. América-MG e CSA foram procurados para estabelecer “parcerias” com o empresariado da potência econômica oriental, e vários cartolas se empolgaram com a possibilidade de ter um megainvestidor no seu próprio clube.

Como nenhum mito se sustenta com a nossa linha de frente, provocamos o aliado Emanuel Leite Junior para explicar o porquê da China investir tanto no esporte global.

Seja na sua própria liga, em clubes estrangeiros ou demais modalidades, nosso especialista no tema esclarece como tudo está relacionado a uma noção muito particular de desenvolvimento econômico e “soft power”.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #187 Black Metal Venezuelano

Programa um pouco diferente do que vocês estão habituados! Chegamos falando das relações entre as principais potências no Mundo. A Rússia foi conversar com os EUA, que brigou com a Europa, que precisa conseguir enfrentar os chineses, que foram banidos pelos EUA, que são amigos do Canadá, que teve seus cidadãos presos na China, que tem interesses na Venezuela, cujos representantes foram dialogar na Noruega.

Também passamos por notícias na América Latina e no Golfo Pérsico, onde os sauditas acusam os iranianos de terem sabotado seus navios. Além disso uma coluna de fôlego da professora Vivian Almeida!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #186 Tensão no Golfo Pérsico

Quatro anos da sua revista semanal de política internacional em formato podcast! Como vocês ainda nos aguentam? Chegamos falando tudo o que aconteceu na última semana em relação ao Irã; o envio de um porta-aviões pelos EUA, a suspensão de partes do acordo nuclear, a reação da Europa, além de muitas outras notícias do Oriente Médio, incluindo uma marmelada turca.

Passamos pela nossa vizinhança, com tentativa de assassinato de um parlamentar na Argentina, eleições no Panamá, as andanças do atual chanceler brasileiro e, claro, Venezuela.

Finalmente, fomos até a Ásia, do leme ao pontal. Relações comerciais entre China e EUA, mísseis na Coreia do Norte e as eleições na Tailândia!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #180 Eurotrip Chinesa

Mais um voto do Brexit, mais um capítulo dessa novela, mais análises, nenhuma decisão. Aproveitamos que o Eurotunel ainda está aberto e passeamos pelo resto do continente, incluindo telefones do Garfield boiando no litoral francês. Sim, você vai ter que ouvir pra entender. Também acompanhamos Xi Jinping no seu mochilão europeu, com acordos comerciais e alfinetadas nos EUA.

Ainda houve tempo de repercutimos as últimas do Grande Oriente Médio, do Afeganistão até a Argélia, especialmente a decisão de Donald Trump de reconhecer a posse israelense das colinas de Golã. O que isso significa? Quais as implicações?

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #169 Eleições na Armênia

Recebemos novamente Heitor Loureiro, o expert em assuntos da Armênia da casa, para comentar as eleições no país que consagraram Nikol Pashinyan como premiê do país.

De lá passamos para os casos de espionagem que sacudiram o mundo na última semana; o acordo de Maria Butina, a prisão de dois canadenses pela China e ainda a novela da executiva da Huwaei detida no Canadá.

Por fim, fomos para o Reino Unido, onde Theresa May sobreviveu ao voto de desconfiança de seu partido, mas só por ninguém querer ter que lidar com o Brexit, além de um Menino Neymar de cinema!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #168 Coletes Amarelos

Fechamos a cobertura da mais recente cúpula do G-20, em Buenos Aires. E o mais importante aconteceu fora do encontro, com o jantar entre Trump e Xi Jinping que resultou em uma trégua na guerra comercial por ao menos noventa dias.

De lá cruzamos o Atlântico, primeiro rumo ao Oriente Médio, com o anúncio de saída da OPEP pelo Qatar, o início de conversas no Iêmen e de Netanyahu estar, novamente, em maus lençóis com a justiça.

Também fomos para a França, onde os “coletes amarelos” estão fazendo o que os franceses melhor sabem fazer: queimar carros. Quem são, o que querem, de onde vêm, o que comem etc. Tudo isso, além da volta do Menino Neymar com dois indicados!

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #163 Bombas

Matias Pinto e Filipe Figueiredo foram até os Estados Unidos, para falar das últimas notícias em relação ao país. Anúncio da saída de acordo nuclear com os russos, caravana de imigrantes, bombas no correio contra democratas and much more.

Passamos pelo Extremo Oriente, onde, além de ouvir o celular de Trump, os chineses também inauguraram a maior ponte do mundo, mais que quatro vezes maior do que a Rio-Niterói. E vamos de novo ao Oriente Médio, falar das últimas notícias do caso Khashoggi e outras informações da região

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #161 Jamal Khashoggi

Matias Pinto e Filipe Figueiredo recebem novamente nos estúdios Tupá Guerra, a demonóloga de voz inconfundível. Fomos até a Turquia, onde o possível sequestro e assassinato de um jornalista saudita, opositor do governo do seu país, pode finalmente estremecer as relações entre a família Saud e os EUA. Afinal, que tipo de Estado é a Arábia Saudita?

De lá seguimos para o Extremo Oriente, para ver de perto a troca de farpas entre China e os EUA, com direito à capturar de espião e aprisionamento do diretor da Interpol. Tudo isso enquanto Kim Jong-un acertou mais um encontro com Trump e convidou o papa Francisco a visitar o país. Terminamos aqui na América Latina, com a morte de opositor na Venezuela, prisão de Keiko Fujimori no Peru e, claro, a repercussão internacional da eleição brasileira.

Posts Relacionados

Xadrez Verbal #159 – 73ª Assembléia Geral da ONU

Matias Pinto e Filipe Figueiredo vão até Nova Iorque, para falar da septuagésima terceira AGNU. Ao menos, dos seus primeiros dias. Antes de tudo, recebemos novamente o professor Guilherme Casarões, na tradição de termos seus comentários sobre o discurso brasileiro na abertura do Debate nas Nações Unidas.

Passamos pelos encontros que ocorrem à margem da Assembleia, em portas fechadas ou encontros informais, e até mesmo a sessão do Conselho de Segurança. Aproximação entre Cuba e a Europa e acusações dos EUA contra a China são alguns dos exemplos desse tema, além da primeira bebê com credencial da ONU. Finalmente, analisamos os discursos propriamente ditos, perante a comunidade mundial, fazendo um breve apanhado dos três primeiros dias do evento.

Posts Relacionados